segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

RECEITA DE ANO NOVO


1ª dose: TEMPO EM FATIAS

Quem teve a idéia de
cortar o tempo em fatias, a
que se deu o nome de
ano, foi um indivíduo
genial. Industrializou a
esperança, fazendo-a
chegar ao limite da
exaustão. Doze meses dá
para qualquer ser
humano cansar e entregar
os pontos. Ai entra o
milagre da renovação e
tudo começa outra vez,
com outro número e outra
vontade de acreditar que
daqui pra diante
será diferente.



2ª dose: RECEITA DE ANO NOVO
Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo

até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.


{Carlos Drummond de Andrade}

sábado, 29 de dezembro de 2007

Weverton e Ana Paula juntos?



Olha só essa foto. Bem aí no meio (acima do "do") aparecem juntos de mãos estendidas o secretário Weverton Rocha (Juventude) e Ana Paula Ribeiro, da Fesma (Federação dos Estudantes Secundaristas do Maranhão). A imagem foi captada em frente ao Palácio dos Leões antes do embarque de um grupo de estudantes para o Congresso da Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), no início do mês em Goiânia (GO).


Para quem não lembra, Ana Paula encabeçou um movimento contra a nomeação de Weverton na Secretaria de Juventude, que incluía até camisas "Xô, Weverton". Ela chegou também ameaçar iniciar uma greve de fome em frente ao apartamento do governador Jackson Lago (PDT) na Ponta d'Areia. Pelo jeito, Weverton conseguiu domar a fera. Qual teria sido o argumento que ele usou?


Escrito por Décio Sá às 28/12/07

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Cueca que nada, o lance agora é MEIAnsalão!


Lula faz balanço político em cadeia nacional

Ao fazer um balanço positivo dos resultados de 2007 nesta quinta-feira (27) e anunciar que a economia deve crescer mais de 5% este ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou que o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) prejudique avanços na Saúde. "No começo de dezembro, lançamos o PAC que destinaria até 2010 mais de R$ 24 bilhões para o setor [da saúde].

Entre outras coisas, todas as crianças das escolas públicas passariam a ter consultas médicas regulares, inclusive com dentistas e oculistas. Infelizmente esse processo foi truncado com a derrubada da CPMF, responsável em boa medida pelos investimentos em Saúde", disse o presidente Lula em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão. Ele afirmou que respeita a decisão do Senado e fez um apelo para que governo, sociedade e Congresso encontrem uma saída para o rombo de R$ 40 bilhões provocado no Orçamento pelo fim do "imposto do cheque".

"Como democrata, respeito a decisão tomada pelo Congresso. E estou convencido que o governo, o Congresso e a Sociedade, juntos encontrarão uma solução para o problema", disse Lula em cadeia de rádio e televisão. O começo do pronunciamento foi destinado a comemorações. Lula citou a queda no desemprego, o aumento da renda, e o fato de que 20 milhões de pessoas deixaram as classes D e E, de baixo consumo, em direção a classe C nos últimos cinco anos. "Já podemos dizer com certeza que nossa economia cresceu mais de 5% em 2007. E em 2008 será também muito bom, pois estamos iniciando o ano com um ritmo bem vigoroso", disse.

(Com informações do site G1)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

PIT STOP NATALINO

DESCULPEM O TRANSTORNO

O BLOG VOLTA ASSIM QUE EU RECEBER DE PRESENTE DO PAPAI NOEL UMA INTERNET QUE PRESTE... EU ACREDITO EM MILAGRES, E VC? RS
------------------------------------------------------------------------------
FELIZ NATAL À VOCê QUE PASSOU POR AQUI
E QUE 2008 SEJA O ANO!
Abraços da blOgueira,
AMANDA DUTRA RAMOS

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Senador cadÊ você? Eu votei em ti foi pra te verrrrrr!

Quando será que os senadores do Maranhão irão figurar entre os primeiros da lista quando se tratar de um assunto positivo? Novamente Sarney, Epitácio Cafeteira, Roseana Sarney e Edison Lobão não são citados entre os primeiros melhores.

Desta vez, trata-se do levantamento feito pelo Congresso em Foco que revelou o índice de ausências nas sessões do Senado.O melhor da lista, o mais presente nas sessões em 2007 foi o senador Marco Maciel e o pior ficou com o ex-presidente da República Fernando Collor, ausente em quase metade de todas as sessões realizadas.Entre os nossos, quem saiu-se melhor foi Edison Lobão, com cerca de 93% de presença em plenário.Já Roseana Sarney não compareceu a cerca de 20% das sessões, alcançando desempenho semelhante ao de Epitácio Cafeteira, já nos seu 82 anos e com sérios problemas de saúde.José Sarney ficou com a 37º esteve ausente em 15% das sessões.

Veja a lista completa em: www.ricardosantos.blogspot.com

Jogo de Basquete beneficente:participação Iziane

Participação de ex e atuais atletas da modalidade do estado alem da participação de Iziane Castro Marques (jogadora de basquete da seleção brasileira e atualmente na equipe do Unimed/Colchoes Castor/Fio/Ourinhos e disputando o Campeonato Nacional de Basquete Feminino)

ingresso -1kg de alimento não perecível, o qual, serão doados para Paróquia do Divino Espírito Santo Localizada no Bairro da Liberdade que se encarregará da distribuição dos alimentos em forma de cestas básicas as famílias carentes do bairro. Participe desse jogo solidário!!!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

JUVENTUDE NÃO QUER UNIFICAÇÃO DE PASTAS


Leia, abaixo, carta de Assis Filho Presidente da CEJUV – Pio XII Conselheiro
Estadula de Juventude – MA Vice – Presidente do Cejovem:


Juventude Maranhense

Depois do Falecimento do então Secretario de Estado de Esporte, Sr. Mauro Bezerra, cidadão o qual temos um grande respeito pelo seu histórico nas lutas maranhenses, a pasta do esporte ficou sendo dirigida pelo Secretário Adjunto enquanto o Governador decidisse o futuro daquela Secretaria.Posicionando – se absolutamente contra a extinção da pasta, defendo a permanência dela. Ocorre que, nos bastidores do Palácio dos Leões corre os rumores que o Esporte será ligado com a Secretaria de Juventude e o companheiro Weverton Rocha passaria a dirigir as “duas pastas”, onde na verdade seria apenas uma, considerando que ambas passaria a ser conjugadas.Sob vigília diante dos fatos que envolvem a juventude maranhense, venho me posicionar a público contra tal medida que o Sr. Governador venha a tomar, o Dr. Jackson Lago foi eleito para atender a vontade e as aspirações do povo do Maranhão e assim deve se posicionar. Não é de nosso anseio ver Secretaria de Juventude, órgão que tanto lutamos para ser implanto ser vinculado a outra pasta.Pedimos ao governador que ao contrário dessa medida ele venha a reforçar o quadro de técnico da SEEJV possibilitar que o Conselho Estadual de Juventude – CEJOVEM venha de fato funcionar, pois nenhuma sede sequer termos para reunir e realizar nossos trabalhos. Não é esse tipo de governo que esperávamos, a pesar de relembrar que não compactuei com o mesmo em época de eleição. Como membro do Conselho de Juventude do Maranhão e Vice – Presidente, gostaria que o Governador ao menos consultasse esse órgão, seria um ato de consideração e de comprimento da lei, pois o CEJOVEM é um órgão consultivo e assim queremos que ele funcione com todas as suas prerrogativas amparadas pela lei estadual N° 8451/2007.MANUNTENÇÃO DA SECRETARIA DA JUVENTUDE!!!

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Estudantes passam a ter passe livre em Suzano e Vitória

Em 2008, estudantes de Suzano (SP) e da Grande Vitória (ES) terão passe livre. Em nenhuma das duas cidades o direito ao transporte será universal, ou seja, para todas as pessoas, independente do horário de uso. Mas as medidas significam um avanço na luta pelo direito ao acesso à cidade, especialmente por se tratar de respostas a reivindicações populares, além de resultar em aumento na renda das famílias dos estudantes e das estudantes.

Em Suzano, no mês de setembro, 1.500 estudantes decidiram em assembléia apresentar à Câmara dos Vereadores a reivindicação pelo passe livre estudantil. Transformado em projeto de lei pela prefeitura, o passe livre foi aprovado no dia 12 de dezembro pela Câmara e será aplicado a partir de 2008. Todos os estudantes e todas as estudantes do ensino fundamental, médio, tecnológico e superior, e dos cursos pré-vestibulares, terão direito a 50 viagens gratuitas todo mês.
Já em Vitória, Espírito Santo, o governador Paulo Hartung (PMDB) resolveu ceder os anéis para não perder os dedos. Após manifestações contra aumento nas passagens no início de 2007 e especialmente em julho de 2005, quando a população conseguiu barrar o reajuste, Hartung implantará um sistema de passe livre restritivo a partir de 2008. Alunos e alunas de escolas públicas apenas do ensino médio terão ônibus gratuito na região da Grande Vitória. Estudantes da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santos) julgam a medida insuficiente, pois não inclui alunos e alunas do nível superior e estudantes de escolas privadas que não têm condições de arcar com o transporte.^

Por TRANSPORTE PÚBLICO 14/12/2007 às 16:30

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

MA:Domingos Dutra vence o diretório estadual do PT


Ainda na noite de domingo(16dez) a parcial referente à apuração em 57 municípios apontava o deputado Domingos Dutra na frente com 2.708 votos contra 1.823 de Washington Oliveira.


Em São Luís, Washington Oliveira teve 418 votos contra 254 de Dutra diminuindo, assim, a diferença de mais de 400 votos do 1ºturno. Dutra venceu na grande maioria dos municípos do estado.


A apuração será finalizada na manhã dessa segunda-feira e seguirá uma coletiva(11h) com Domingos Dutra, novo presidente do diretório estadual do PT no Maranhão.

sábado, 15 de dezembro de 2007

FIQUE POR DENTRO!

CLIMA CONTURBADO NA UEMA
Nesta segunda-feira, dia 17, ás 18h00, os estudantes de todos os cursos de Licenciatura estarão protestando na entrada da UEMA contra a violência sofrida pelos alunos de História e Pedagogia no último dia 11dez pelos que se intitulam “donos” do CT(estudantes de engenharia).

Assembléia Geral de Estudantes da UEMA
19 de dezembro, quarta-feira próxima, a partir das 9h00 da manhã, em que a revitalização do movimento estudantil desta universidade estará sendo discutida amplamente pela comunidade acadêmica e sob a coordenação dos CA´S e DA´S de Ciências Sociais, Biologia, Administração, Engenharia de Pesca, História, Física, Geografia, e Pedagogia.

Aconteceu na UFMA

Na assembléia Geral de Estudantes da UFMA realizada no dia 12 de dezembro, com início às 18h na Área de Vivência, tendo como pauta unicamente o REUNI, após debate entre o menbro da APRUMA, professor Meneses (contra) e o estudante de Medicina, Lucas Valadão (à favor), os estudantes da UFMA votaram em favor dos seguintes encaminhamentos:- Os estudantes da UFMA são contrários ao REUNI.- Apoio à luta dos estudantes de Imperatriz contra o REUNI;- Apoio à luta dos estudantes da Federal de Alagoas contra o REUNI;- Apoio à carta que denúncia a política de comunicação da reitoria, redigida pelos estudantes do Curso de Comunicação;

COBRECOS
O Congresso Brasileiro d@s Estudantes de Comunicação Social acontecerá entre os dias 19 e 26 de janeiro na cidade de Maceió-AL. O Ônibus já está sendo fechado.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

O clima de radicalização na Bolívia vai se aprofundar neste sábado

A Bolívia deve ter um dia tenso neste sábado (15). O presidente Evo Morales, o Movimiento Al Socialismo (MAS) e os movimentos sociais que os apóiam festejarão a apresentação da nova Constituição do país. No mesmo dia, as autoridades e comitês cívicos dos departamentos opositores de Santa Cruz, Tarija, Beni e Pando – conhecidos como meia-lua – afirmam que vão declarar suas autonomias de fato, o que pode dividir o país.

leia mais em: http://www.brasildefato.com.br/

PF prende oito prefeitos e mais 73 suspeitos no MA

Oito prefeitos do interior do Maranhão e outras 73 pessoas foram presas entre a madrugada e o início da tarde de ontem, na Operação Rapina, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em dois municípios do Piauí e 14 dos Maranhão. Só no Maranhão foram 111 mandados de prisão expedidos, e 122 de busca e apreensão.

A operação desbaratou um esquema de corrupção de desvio de verbas federais destinadas a projetos dos municípios. Havia nove mandados para prefeitos do interior do Maranhão, sete dos quais estavam cumpridos até o fim da tarde de ontem. Foram presos os prefeitos de Axixá, Sônia Campos (DEM); de Araioses, José Cardoso do Nascimento, o Zé Tude (PSC); de Nina Rodrigues, Iara Quaresma (PDT); de Governador Newton Bello, Francimar Marcolino da Silva, o Mazinho (PMDB); de São Luiz Gonzaga, Luís Gonzaga Fortes (PTdoB); de Paulo Ramos, João Noronha (PMDB); e o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema Cunha (DEM), que também é presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

Na fazenda do prefeito de Governador Newton Bello, por exemplo, foram apreendidos também carros, motos e armas sem registro. Estão foragidos ainda os prefeitos de Urbano Santos, Aldir Santana Neves (PV) e de Tufilândia (PTB). As prisões são temporárias por um período de cinco dias, tempo em que as pessoas detidas serão levadas à sede da PF no Piauí para prestar depoimento.

Entretanto, para os acusados que não forem localizados ela se transformará em preventiva, o que, além de afastar o prefeito por mais tempo do que o previsto pela PF, poderá resultar até na cassação do mandato.

Recursos

Desde que as investigações começaram, em janeiro do ano passado, as estimativas da Controladoria Geral da União (CGU) são de que o grupo tenha desviado R$ 31 milhões em repasses federais, com fraudes na Previdência Social, irregularidades em licitações e em prestações de contas dos municípios.

A operação é uma das maiores já realizadas no Maranhão e utiliza 503 policiais de 16 estados brasileiros, além de vinte funcionários da Controladoria Geral da União (CGU).

Fonte:http://www.tribuna.inf.br/noticia.asp?noticia=pais05

ROSEANA POOOOODE. O MARANHENSE NÃO POOOOODE!


O jornalista Ricardo Noblat publicou nota afirmando que em cafezinho com Sarney, ele teria dito que sua filha Roseana está tomando morfina por causa da dor.

A declaração lembra um dos trechos da entrevista da
senadora Hello Kitty(não tem boca) à Veja em 14 de setembro de 2005 em que
ela confessa:


"O melhor momento da cirurgia é quando vou tomar anestesia. Entro num barato total"Nesta entrevista, Roseana Sarney faz grandes revelações que se chocam de forma cruel e impiedosa com o retrato da saúde pública nacional, em que brasileiros passam dias, horas em fila, são largados em maca, morrem sem a mínima possibilidade de atendimento, parentes choram desesperados e inconformados e ainda acompanham o desvio de milhões em recursos públicos, inclusive da CPMF, criada para atender a saúde da população.


Leia abaixo algumas dessas revelações:
1)Roseana Sarney pôde ser operada pela primeira vez em 1973, aos 19 anos em Genebra, na Suíça;
2) Já pôde fazer 19 cirurgias. Removeu o apêndice, retirou um cisto no ovário, retirou nódulos de pulmão, ovários, útero, trompas e ductos mamários e ainda retirou mais de 1 metro de intestino. Fez ainda cirurgia no joelho e no reto e outras para corrigir aderências;
3) A cada vinte dias, um médico da equipe do doutor Raul Cutait (cirurgião gastrointestinal de São Paulo) vem a São Luís examiná-la(a entrevista foi em 2005, será que o médico agora vai a Brasília ou não precisa mais?)
4) Tem uma espécie de junta médica que trata de todos os seus problemas. Neste trecho ainda indaga: já pensou se tivesse de contar minha história a cada vez a um médico novo?
5) Em uma das cirurgias mais graves pôde testar um medicamento ainda experimental mandado dos Estados Unidos para combater aderências6) A cada operação é acompanhada por um cirurgião plástico. Como ela mesmo disse "para dar um trato"
7) E toda vez que volta da anestesia, ainda ganha uma massagem no pé.Que maravilha, né? E você maranhense. NÃO PODEEEEE!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

EM IMPERATRIZ O FORRÓ BODOU

SEMINÁRIO EM COMEMORAÇÃO AO 1º ANO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO DA UFMA EM
IMPERATRIZ É INVADIDO POR ESTUDANTES CONTRÁRIOS AO MOVIMENTO QUE PARALIZOU AS
AULAS. O SALDO FOI PALESTRA CANCELADA E FORRÓ COM OS POLICIAIS.


Tudo estava correndo bem durante o 1ºdia de seminário : Minicursos, comunicações; no entanto, quando deveria ocorrer a palestra de abertura: “Responsabilidade social do jornalista” com WALTER RODRIGUES, estudantes do curso de direito e contabilidade invadiram o auditório e impediram a continuidade da programação.

De acordo com Carlos, estudante de jornalismo, os seis a oitos estudantes que apareçeram com apitos são contrários ao movimento de paralização da aulas no Campus de Imperatriz e invadiram um evento especifico para argumentar sobre assuntos que não estavam em pauta. Um estudante teria, inclusive, agredido um professor de jornalismo e a polícia foi chamada para acalmar os ânimos.

O jeito foi antecipar a noite cultural e cancelar uma palestra que havia sido pensada há meses. “ Foi péssimo, a gente trabalhar tanto para estragarem. Não precisava dessa confusão”, lamenta o estudante Carlos.

O SEMINÁRIO DE COMUNICAÇÃO começou ontem(quarta) e vai até essa sexta(14) com extensa programação. Durante a manhã e a tarde acontecem minicursos, comunicações e oficinas e durante a noite as palestras. EDVÂNIA KÁTIA (federação nacional dos jornalistas) E FRANCSICO GONÇALVES(doutor em comunicação) são alguns dos convidados.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Reitor Salgado está com a bola murchando e vai levar um apitaço de advertência!

Estudante: participe do nosso espaço de discussão!


Assembléia Geral de Estudantes da UFMA,
HOJE, quarta-feira , às 17h, na Área de Vivência.

SAIBA MAIS SOBRE O REUNI,
SOBRE A PARALIZAÇÃO DAS AULAS EM IMPERATRIZ,ETC.
TIRE DÚVIDAS, CONFRONTE IDÉIAS!

Desde às 16h concentraremos em frente a rádio universidade lendo uma carta que os estudantes fizeram sobre a vergonhosa política de comunicação da UFMA! Depois deceremos p/à assembléia. Não fique de fora, avise aos outros!

SAIU NO JORNAL IMPARCIAL DE HOJE(12/12)
Apruma mantém recursos contra Reuni

A Associação dos Professores da Universidade Federal do Maranhão (Apruma)
garantiu que vai esgotar todos os recursos na tentativa de impedir que seja
aplicado na UFMA o decreto nº 9096, que institui a adesão da entidade ao
Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidade
Federais (Reuni).(http://www.oimparcial.com.br/)

OLHA A SUCATAAAA!!! SITUAÇÃO DAS FEDERAIS :UFMA, UFAL, UFPA

UFMA DE IMPERATRIZ CONTINUA DESPENCANDO

"O Sr. Reitor Natalino Salgado falou conosco através do viva-voz do celular do deputado. Iniciou-se, para surpresa geral, um monólogo que pôde ser classificado de irritante, vazio e repetitivo. Por várias vezes o Sr. Reitor pediu compreensão. Compreensão nós temos sim, e por tê-la é que não aceitamos a situação presente e assim continuamos acampados.Como um sopro de brevidade, a ligação foi encerrada sem que ao menos tivéssemos a chance de mostrar nossas opiniões. Afinal, o que impede o Sr. Reitor Natalino Salgado de vir até nós? Será o temor de ver com os próprios olhos o quadro lastimável de nossa universidade? Ou será ao falta de comprometimento? Ou a falta de sustentáculos para agir?Queremos a presença do Ilmo. Sr. Reitor Natalino Salgado aqui e o comprometimento dele conosco!Somos educados e nosso movimento não é uma baderna. Porém se for preciso gritar, assim faremos.Avisamos ao Sr. Reitor e a sociedade (como um todo) que estamos a esperar e vamos continuar reivindicando um direito básico: o de aprender com dignidade e em um local adequado e com condições próprias para tal."



Reitoria Agride Estudantes da federal de ALAGOAS

"Além da força física utilizada, jogavam-se cadeiras nos estudantes, chegando ao cúmulo de cinco seguranças agredirem um único estudante. "

Adesão ao REUNI na UFPA(como na UFMA ) é anulada

O juiz substituto da 5ª Vara Federal, Ketler Gomes Ribeiro, concedeu, ontem,liminar favorável ao mandado de segurança impetrado pela ADUFPA, quereivindicava a anulação da sessão do Conselho Superior Universitário(CONSUN) do dia 19 de outubro, que "aprovou", de forma anti-democrática, aadesão da UFPA ao REUNI.A decisão do juiz adverte o reitor que, "em caso de descumprimento da decisão judicial, será lhe imputado uma multa diária de R$10 mil reais". Ou seja, além de ver seu projeto não ser aprovado, Alex Fiúzaainda corre o risco de pagar multa, caso não cumpra a decisão judicial. Assim, o reitor terá que comunicar ao MEC que a adesão da UFPA ao REUNI foianulada. O projeto de "expansão" da instituição enviado ao Ministério nãotem nenhum efeito. Com certeza, isso é uma grande força na luta do movimentoestudantil e do movimento docente.








terça-feira, 11 de dezembro de 2007

CARTA AO REITOR NATALINO(feita por universitários de IMPERATRIZ)

SALGADO, NÃO MANDE O PRÉ-REITOR CÂNDIDO,
NÃO FUJA DA RAIA, VÁ VC CONVERSAR COM OS ALUNOS...


Vimos solicitar vossa presença no campus II da UFMA-CCSST, com urgência. É necessário que o Senhor se faça presente para conhecer de perto, in loco, o estado de calamidade que este campus se encontra. Dizemos calamidade, pois o que se pode dizer quando um bloco com três salas de aula está condenado a cair? Quando a iluminação é insuficiente? Quando há turmas que estão perdendo períodos de aula por falta de professores, laboratórios e salas de aula? E dizemos calamidade ainda pelo fato de haver poucos livros aproveitáveis na biblioteca, paredes e colunas dos blocos de aula sendo destruídas por cupins e uma instalação elétrica que é incapaz de suportar a demanda de energia, o que se verifica quando fios pegam fogo em salas de aula - que não têm extintores de incêndio - pondo em risco a vida e segurança dos acadêmicos e professores.

Ainda podemos dizer que é precária quando nos deparamos com a falta de materiais para higienização pessoal, com um trabalho de zelo e jardinagem inoperantes. Acrescenta-se a isso, para corroborar que a calamidade e o abandono são realidades neste campus, que nos muros externos não há nada que identifique o espaço como sendo uma Universidade de Verdade, e os que entram no lugar tem o desprazer de encontrar um ambiente feio e descuidado, e entre os descuidos observam-se estruturas de concreto rachadas e quebradas e as de madeira igualmente deterioradas.

Pesa sobre nossos ombros o fardo de praticamente não se ter neste campus projetos de incentivo a pesquisa e extensão, sendo que o único existente não possui uma sala própria com os equipamentos e materiais necessários, pesa também o fato de que até mesmo o ensino é deficiente, por conta de tantas coisas já citadas e outras tantas por citar. Se esta ponta do iceberg não é suficiente para o convencimento da inadiável importância da vossa presença aqui, desçamos rumo ao que não se vê tão na superfície.

Existe um prédio em construção para o curso de Comunicação Social – Jornalismo, que já passa de um ano do prazo de entrega. Tal atraso da obra com seus respectivos laboratórios tem impedido a ministração de uma disciplina que é pré-requisito para todas as outras, o que coloca o período em risco de perda e faz eminente a acumulação de diferentes turmas em um mesmo período. Problema pior acontece com o curso de Enfermagem e Engenharia de Alimentos que, além de não terem laboratórios, falta-lhes professores e material para aulas práticas, o que também tem posto em risco a conclusão do período e impossibilitado o prosseguimento do curso.

Senhor Magnífico Reitor Natalino Salgado vos faz saber ainda, que a sua presença aqui é necessária e urgente, pois todos os cursos se incluem nesta triste realidade de defasagem e deficiência estrutural.
Além do que já foi citado e do que fica por citar, acrescenta-se que o curso de Direito é deficiente de um núcleo de prática jurídica, o curso de Ciências Contábeis tem uma grade curricular defasada, e o curso de Pedagogia é carente de material e sala de recursos pedagógicos. Além disso, a todos faltam livros, professores e salas de aula. De forma geral sofremos ainda com a ausência de uma sala de vídeo (a que se tem aqui já abriga o sétimo período de Ciências Contábeis cuja sala fora interditada por risco de desabamento), ausência de um auditório que seja proporcional ao numero de alunos da universidade e aos eventos que esta deve promover. Ainda Senhor Reitor, podemos citar um laboratório de informática que não atende nem minimamente às demandadas do campus e tantas outras coisas que nos motivam a permanecermos acampados no Campus II da UFMA-CCSST, até que Vossa Senhoria se faça presente para discutir com os estudantes as questões referidas e definamos juntos soluções, necessárias para este campus que pede socorro.

O movimento é ordeiro, justo e sério. Somos estudantes pacíficos, não passivos, que amam o conhecimento e o país, e por isso decidimos aqui permanecer até que todas as reivindicações urgentes sejam atendidas. Dito isso, aguardamos sua resposta e o seu comparecimento no campus II da UFMA-CCSST. A educação tem pressa e nós também.

Movimento estudantil “Quem sabe faz a hora”.
Assinam estas propostas: CA de Direito, CA de Pedagogia, CA de Ciências Contábeis, CA de Comunicação Social - Jornalismo, CA de Engenharia de Alimentos, CA de Enfermagem.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Presidentes de sete países fundam Banco do Sul

Os presidentes do Brasil, Argentina, Venezuela, Bolívia, Equador, Paraguai e Uruguai assinaram domingo (9), em Buenos Aires, a ata de fundação do Banco do Sul. Hoje, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os outros mandatários participam da posse da presidente eleita da Argentina, Cristina Kirchner.

A ata significará um compromisso político dos presidentes de implantar o banco, pois as negociações sobre a linha de atuação do órgão e volume de recursos continuam. Proposto pelos presidentes venezuelano, Hugo Chávez, e argentino, Nestor Kirchner, o banco tem o objetivo de financiar projetos de desenvolvimento da região e ser uma alternativa às instituições financeiras multilaterais existentes, como Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Mundial (Bird).

"O Banco do Sul terá papel importante na integração da região e na consolidação da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Possibilitará superar limitações de acesso a financiamentos junto a bancos multilaterais de fomento e bancos privados e fortalecerá a autonomia financeira da América do Sul", afirmou hoje o porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach.

"A solidez, a viabilidade e, principalmente, a eficácia do Banco do Sul dependerão de práticas e critérios firmes de governança e administração", completou.

Hoje, LULA acompanha a posse de Cristina, esposa de Nestor e primeira mulher eleita a assumir o cargo - Maria Estela Martinez de Perón, a Isabelita, governou de 1974 a 1976, mas devido à morte do marido Juan Domingo Perón, pois era vice-presidente. O evento está marcado para as 15 horas (16 horas de Brasília).

domingo, 9 de dezembro de 2007

Transposição do Rio São Francisco

Dedique um momento, leia...
Você tem conhecimento do projeto de Transposição do Rio São Francisco? Você já leu, conhece quem tenha lido, ou conhece quem conhece quem já tenha? Se sim, diga-me como, quando e onde? Se não, junte-se a nós!

O projeto, que deveria ser amplamente discutido pela população está, sempre, indisponível a ela! Este projeto está sendo realizado da forma mais obscura possível. A população não sabe o que está acontecendo e quais os maiores beneficiados com tal obra. Falam em levar água para outros estados do Nordeste que sofrem com a ausência de políticas públicas que possibilitem a convivência com a seca. Sabemos, contudo, que são os criadores de camarão e outros grandes empresários que mais se beneficiarão com a transposição das águas.

Se olharmos por outro lado, veremos, ainda, dezenas de comunidades, bem mais próximas do São Francisco, que sofrem com a falta de água e que não são, ao menos, mencionadas neste faraônico investimento. Estamos falando, por exemplo, de distritos de Juazeiro. Você tem ouvido, lido ou visto que a população ribeirinha é contra o projeto de Transposição do Rio São Francisco? Você já ouviu a posição dos ambientalistas? Você sabe quem é o Frei Luis Cppio?Você ouviu falar em greve de fome esses últimos dias? Não?!Atualmente, e pela segunda vez, Dom Luis Cappio está em greve de fome protestando contra o andamento das obras da transposição.

Dezenas de ONG's, Movimentos Sociais e Estudantis estão lutando contra esse desmando. Populares pelo Brasil inteiro, inclusive na Região Sul, já aderiram ao movimento de oposição ao projeto. Contudo, este assunto, assim como a própria transposição, não está sendo pautado pelos grandes veículos de comunicação no Brasil.

Prestem atenção: nós temos uma autoridade religiosa, num país de maioria católica, protestando com a própria vida contra uma obra vertical e incoerente e os meios, que deveriam nos informar, simplesmente não noticiam isso!

PORQUE NÃO EXPOR E DISCUTIR DE MANEIRA TRANSPARENTE?As desculpas são sempre as mesmas: "o projeto é extenso, complicado e técnico demais. Vocês não o entenderão". SERÁ? Será que o projeto é uma grande farsa?

Por isso, chamo você a unir forças e criar uma rede que pressione o governo e os meios de comunicação!! Faça chegar ao maior número de pessoas essa mensagem:temos que saber o que querem fazer com nossos rios, com o nosso Brasil!

sábado, 8 de dezembro de 2007

DIRETO DA UFMA-IMPERATRIZ


Em conversa com alguns estudantes acampados no Campus de Imperatriz, o Diretor do Centro afirmou que Enfermagem é o único (?)curso que realmente está sem condições de continuar funcionando, pois estão faltando professores e laboratório para as aulas práticas, tendo assim, o direito de fazer reinvidicações.


O Diretor, deveria informar-se sobre o que está acontecendo: ou será que o fato de o curso de Jornalismo, 3º período, está assistindo pouquíssimas aulas por semana, o abandono de cargo do professor do 2º período, também de Jornalismo, ou a salas interditadas por risco de desabamento do curso de Engenharia de Alimentos, a falta de um Núcleo Jurídico para a área de Direito, não significa nada?

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

TV Digital

Capes financia projetos de pesquisa na área de TV Digital
Até o dia 21 de dezembro, a Capes estará recebendo projetos interdisciplinares para áreas ligadas ao desenvolvimento do Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD).
Leia mais: http://www.capes.gov.br/servicos/salaimprensa/noticias/noticia_0876.html

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

DIRETO DO CAMPUS-UFMA-IMPERATrIZ


Depois de muito diálogo e conversa, a noite dessa ultima quinta feira foi mais calma que a anterior,contamos com novas adesões e deixamos claro que o movimento é contra qualquer tipo de baderna.Uma comissão saiu às ruas para distribuir panfletos e explicar para a sociedade o verdadeiro motivo da paralização....


Estudantes do campus II da UFMA declararam que não vão se render ante ameaças e tentativas de desarticulação. Os acadêmicos do movimento testemunharam uma tentativa mediocre do Diretor do campus de dividir o movimento. Dr. Jeferson quis convencer alguns alunos de que a causa é apenas do curso de enfermagem. Todos devem saber que manifestação reune todos os Centros Acadêmicos cada um com suas respectivas reivindicações. A paralização é de todos os seis cursos da UFMA de Imperatriz.


O principal objetivo da paralização dos uiversitários é buscar um ensino público de qualidade, com melhorias na estrutua física e no corpo discente. ESTAMOS ESPERANDO UMA RESPOSYA DO PROPRIO NATALINO...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

CAPA DO JORNAL "O ESTADO DO MA"

Justiça anula adesão da UFMA ao Reuni
SAIU NA CAPA DO JORNAL ESTADO DO MA !
e vai sair em outros jornais também.
AMANHÃ TEM MAIS ENTREVISTA
na Difusora e na Rádio mirante, serão entrevistados membros do DCE e APRUMA.

ADESÃO DA UFMA AO REUNI É ANULADA

REUNI– JUSTIÇA FEDERAL CONCEDE LIMINAR

A Justiça Federal concedeu, nesta tarde de quarta-feira, dia 5 de dezembro, liminar ao Mandado de Segurança impetrado por conselheiro da APRUMA no CONSUN no sentido de anular a sessão que aprovou a adesão da UFMA ao REUNI.

Antes da pretensa reunião do CONSUN a Administração Superior da UFMA foi advertida de que existiam falhas formais na convocação e foi levantada uma questão de ordem. A maior parte dos conselheiros, todavia, entendeu que a reunião deveria acontecer mesmo correndo o risco de ser anulada na Justiça.
As argumentações centrais que sustentaram o pedido de suspensão do CONSUN foram as seguintes:
a) A pauta proposta, ou seja, apreciação e deliberação acerca do Plano Plurianual de Metas Quali-Quantitativas proposto ao CONSUN como intenção de adesão da Universidade Federal do Maranhão ao Programa REUNI do Ministério da Educação de forma alguma poderia ser considerado caso de urgência. Portanto a convocação deveria ter sido feita com, no mínimo 72 horas, o que não aconteceu. A adesão da UFMA ao referido programa é possível desde o mês de outubro de 2007 e ainda pode ser feita até o dia 17 de dezembro, para supostamente garantir recursos em 2008, como pode ser verificado no site do MEC;
b) A pretendida sessão do CONSUN também careceu de legalidade por ferir o Art. 38 do Regimento Geral da Universidade Federal do Maranhão, segundo o qual os conselheiros deveriam receber o documento completo, mas receberam apenas uma versão concluída na madrugada do dia 28 de novembro e com vários erros, segundo disse o assessor do reitor para assuntos de interiorização, em entrevista na Rádio Universidade no dia 29 de novembro (a entrevista será solicitada como prova legal na Justiça).

A legalidade do Conselho pode ainda ser questionada pelo fato de ter sido desrespeitado o Art. 29 do Regimento Geral da UFMA, que estabelece que as sessões são públicas. Apenas os Conselheiros tiveram acesso à sala da Procuradoria, que evidentemente não têm condição para que seja realizada uma reunião deste porte (o reitor e os Conselheiros sequer tinham cadeiras para sentar).

Vários conselheiros, inclusive os representantes da APRUMA, do SINTUFMA, do Centro de Ciências Sociais e Centro de Ciências Humanas, se recusaram a participar da votação realizada no gabinete do Procurador.

Com esta decisão da Justiça, ainda que em caráter liminar, espera-se que toda a comunidade universitária possa conhecer o teor da proposta da UFMA de adesão ao REUNI e sejam feitos debates em todas as unidades acadêmicas

QUENTINHAS

* Vitória dos Lutadores da UFMA
A justiça federal acabou de conceder parecer favorável à liminar que pedia a anulação da sessão do CONSUN no último dia 30/11 no palácio Cristo Rei.

A sessão que foi conduzida de uma forma absolutamente questionável, ferindo vários aspectos do Regimento Interno da UFMA como, por exemplo, o impedimento da participação de estudantes em uma sessão pública que, segundo o próprio Regimento, é de participação possível de todos os membros da comunidade universitária e que já havia sido autorizada por um promotor.

Apesar da tentativa de mostrar os estudantes apenas como baderneiros, desvirtuando a atenção dos aspectos negativos do projeto REUNI, A reitoria recebe agora uma resposta contundente pela ação autoritária e antidemocrática de sexta passada. Só falta a mídia dar espaço pra falarmos, afinal não dá pra mostrar só o lado do REI(tor).

* E NO CAMPUS DA UFMA EM IMPERATRIZ...
CONTINUA tudo parado!

Estudantes tiraram até as cadeiras das salas.
armaram redes no corredor, panelão de comida, etc
ontem aconteceu uma assembléia que decidiu pela continuidade da paralisação que reivindica melhorias no prédio e mais professores.

* E vai rolar a I Reunião Extraordinária do Fórum Estadual de Juventude do Maranhão – FEJMA vai ser realizada nos dias 14 e 15 de dezembro de 2007, na cidade de Coroatá. Vem ai, tb, à 1a Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude e o Maranhão deve mandar delegados.

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Esclarecimento sobre agressão física ->Com a palavra: o outro lado

Responda VOCê e concorra à uma caixa de canetas BIC multiuso->

SERÁ que estão querendo criar um factóide, com o apoio da direção da UFMA, para produzir argumentos que justifiquem a EXPULSÃO DE ESTUDANTES que tem um posicionamento politico ideológico contrário ao da atual administração???


Esclarecimento sobre agressão física


Houve a votação do Projeto de Reestruturação e Expansão da Universidade (REUNI) na sala de reunião do Conselho Superior Universitário (CONSUN) no palácio Cristo Rei onde os vários militantes protestavam contra a adesão da UFMA ao projeto. Aconteceram empurrões e uma moradora da casa de estudante foi agredida com um soco no rosto pelo Marconi do curso de agronomia da UEMA.O pseudo-jornalista do Jornal Pequeno, José Fernandes Linhares Jr. , que também é estudante do curso de comunicação da Faculdade São Luis e estudante do curso filosofia da UFMA, tava fazendo a cobertura para o referido jornal .O José Fernandes Linhares olhou para um dos manifestantes e disse "só não te quebro aqui, por que estou trabalhando,mas deixa te encontrar na UFMA" ,ou seja, ameaçou o estudante Yuri do curso de filosofia e membro do Centro Acadêmico de Filosofia (CAFIL) no dia 30/11 (sexta-feira).

Segunda-feira (03/12) por volta de 17h30 estavam vários estudantes no corredor de filosofia (CCH) entre os quais Rielda,Serginaldo,Vinícius membros do CAFIL e Saulo (que constroe a CONLUTE),O José Fernandes passa pelo corredor (o Yuri não se encontrava nesse momento) quando ele volta encontra com o Yuri no qual dá um soco no rosto,ou seja, a ameaça foi concretizada.No exato momento correm Serginaldo e Saulo discutem com o José Fernandes e o mesmo os agride com um chute, dessa forma, são obrigados a se defenderem.Nenhum militante/companheiro(a) nosso(a) parte pra agressão física,mas não TOLERAMOS que sejam agredidos fisicamente.Temos a auto-defesa como princípio.


CAFIL-UFMA "gestão além do mito"

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

EXCLUSIVAS

ESTUDANTES DA UFMA-IMPERATRIZ VÃO ACAMPAR AMANHÃ REINVINDICANDO MELHORIAS ESTRUTURAIS
O ccsst vai parar amanha! Está marcado para as 7:30, os universitários não pretendem deixar ninguém entrar. vão fechar a rua principal e fazer uma passeata. As denúncias do descaso da gestão já foram noticiadas na TV e nos jornais, começou com o curso de enfermagem, o teto quase cai na cabeça dos estudantes, e agora todos os cursos aderiram.
É REZAR PRA NÃO CHOVER!MAIS INFORMAÇÕES A QUALQUER MOMENTO!

QUEM BATEU EM QUEM?
http://imirante.globo.com/decio
Notícia sensacionalista diz que Linhares apanhou, décio sá(blog mirante)narra uma peça de teatro dramático, quase choro, pena que parece ficção né? ME CONTARAM que YURI é que FOI AGREDIDO pelo jornalista-estudante Linhares e foi fazer corpo delito...vou apurar mais e coloco aqui,,,aiai

CAMPANHA NATALINA
Principais ações do magnífico reitor SALGADO NATALINO para o mês de dezembro:
*INDICIAR universitários
*Ser DEMOcrático
* REFundar o DIP-departamento de imprensa e propaganda , afinal, uma mentira contada várias vezes torna-se verdade
*Comprar mais LAQUê para seu cabelo de zé bonitinho
(AGUARDEM BABADOS FORTES EM BREVE....tÔ só acumulando...)

JOVEM SÓ É CAPA DE JORNAL QUANDO FAZ BAGUNÇA?PQ?

VOTAÇÃO
DO REUNI FOI CAPA DOS 3 MAIORES JORNAIS DO Maranhão NO SÁBADO

ESTUDANTES protestaram sim nessa sexta-feira mas foi pela democracia de poder assistir a reunião do conselho universitário-UFMA, não queríamos confusão, queremos o nosso direito de participar das decisões da nossa universidade, de sermos sujeitos construtores e não fantoches que aplaudem qualquer discurso bonito. SOMOS A FAVOR de uma REFORMA UNIVERSITÁRIA, de uma expansão com qualidade, sou a favor da democracia, e da verdade...Ainda não escrevi a respeito oficialmente, estou juntando dados mas acho que vale a pena ler o qu aconteceu na votação de sexta por 2 lados:

A falácia da imprensa no caso do tumulto na reunião do CONSUN
BLOG do Bruno (mestre em cnc socias-UFMA)http://mrrogens.blogspot.com/

Confusão na UFMA
BLOG do décio sá(mestre em falácias-MIRANTE)http://imirante.globo.com/decio

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Constituição Bolivariana, antes e depois da reforma, o que muda?

FIQUE POR DENTRO dos principais pontos do projeto de reforma constitucional que deverá ser aprovado ou rechaçado por meio de um referendo em dezembro.

Hugo Chávez propôs a modificação de 33 artigos da Carta Magna e, posteriormente, os deputados da Assembléia Nacional agregaram o indicativo de mais artigos para modificação.

No total, se propõe a modificação de 16% da Constituição elaborada em 1999 por meio de uma Assembléia Constituinte.

http://www.brasildefato.com.br/v01/agencia/especiais/especial-venezuela/constituicao-bolivariana-antes-e-depois-da-reforma-o-que-muda/

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

O Futuro dos Jornais


"Imagining the Future of Newspapers" é um trabalho que apresenta 22 opiniões de especialistas sobre o futuro dos jornais. O material traz artigos como: O futuro dos novos negócios, Mude agora - não espere o futuro, Confrontando a tecnologia e a abundância, Navegando no Futuro e De Guttemberg para a Galáxia. Esses são alguns dos temas abordados.


quarta-feira, 28 de novembro de 2007

ACONTECE HOJE (28/11)


* Debate sobre a REFORMA UNIVERSITÁRIA-REUNI, às 14:30 h no auditório central da UFMA. Será que nossa instituição vai aderir?Participe do debate!

* Julgamento do degolamento que horrorizou a cidade de Penalva, o promotor Carlos Róstão diz que pedirá pena de 30 anos aos acusados.
* Vestibular da UFMA adiado p/ o final de janeiro
Inscrições online até dia 3 de dezembro pelo site
http://www.ufma.br/

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Nem toda fila anda por AMANDA DUTRA

Reproduza a vontade, idéias sem direito autoral As irregularidades são grandes,
os out-doors que tentam mascará-las também são grandes....

Viva ao triplicamento das vendas do óleo de peroba, viva! É no mínimo inusitado que após anos de ameaças aos direitos dos estudantes, a Prefeitura de São Luís gaste o nosso dinheiro para se auto-bustificar. Senhoras de botox, não disfarcem o sorriso, pois juro que é exatamente o que está acontecendo. Quem circula pela cidade de São Luís deve ter notado a explosão de outdoors da prefeitura afirmando ter o “dever cumprido”(?!) em relação ao término do passe personalizado e da substituição desses pelo sistema de catraca eletrônica nos ônibus coletivos. Faz me rir.

O direito à meia passagem e à meia cultural é uma conquista histórica dos estudantes que só foi possível por conta de muita luta e mobilização onde muitos foram presos, outros torturados e alguns até mortos, durante a ditadura militar. No entanto, constantemente temos esse direito ameaçado com os ataques proferidos pelos empresários de transporte e Prefeitura de São Luís. Quem não se lembra da personalização do passe escolar em 2004 e a limitação do seu uso. Lembro-me quando meu professor falava que o nome no passe era atestado de pobreza. Estudante já é um ser rico em necessidades (principalmente financeiras) e ainda tem que agüentar piadas.

A instituição do Cartão de Transporte, emitido pelo SET em 2003, a personalização do passe são apenas alguns dos projetos aprovados na calada da noite e que contaram com o apoio de “entidades estudantis” que negociam os direitos dos estudantes em benefício próprio, como dizem ser o caso da UMES, MEI, UBES, FESMA. Mensalinho estudantil sim senhor e o Ministério Público tem provas que embasam dezenas de processos contra essas (indi) gestões de entidades juvenis. Não vou me aprofundar, pois sei que você irá procurar (e achar facilmente) dados que comprovam a não-credibilidade dessas entidades que legitimam esses projetos que não beneficiam os estudantes. É complicado mesmo!

Vivemos, ainda, o drama da enorme demora para o recebimento das carteiras estudantis, além da falta de informações corretas, fazendo com que os estudantes em romaria percorram vários lugares (Rua do Sol, Terminais da Cohama, Praia Grande, etc.) sem obter uma resposta de onde se encontra a carteira. Em média, tais carteiras têm demorado no mínimo 3 meses para serem entregues sendo que eles insistem em dizer que “são 15 dias úteis”. Nem todos os feriados do Brasil (que não são poucos) justificam essa falta de eficiência e de descaso.

Essa situação é agravada com a implementação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica em São Luís, onde são grandes os problemas. Vejamos os principais: quem vai receber seus cartões de meia passagem têm que entregar suas carteiras da UFMA, o que faz com que o estudante tenha que optar entre um direito e outro: ou meia passagem nos ônibus, ou meia em cinemas, shows, etc. Vale lembrar, que ao expedir cartões de meia passagem, a SEMTUR quebra o convênio firmado em 2004 com a Universidade Federal do Maranhão, uma vez que este tem por objetivo unificar o sistema de controle operacional, ou seja, a carteira da UFMA serve tanto como documento de identificação estudantil que dá direito à meia cultural, como cartão de meia passagem.

Não podemos esquecer o fato de que os estudante ao ter seu cartão roubado ou mesmo perdê-lo terá que pagar a passagem inteira até receber o novo cartão (o que não dura menos de 10 semanas), pois com a extinção do passe escolar, segundo a SEMTUR, não há possibilidade alguma de solução para estes casos, nem mesmo apresentando o Boletim de Ocorrência, identidade e comprovante de matrícula, será possível garantir o direito à meia passagem.Sem dúvida alguma, isso é uma grande arbitrariedade, pois o direito é à meia passagem e não a um cartão da SEMTUR e desde que a pessoa comprove que é estudante, o seu direito deve ser assegurado. Temos o exemplo de outras capitais, como Belém, por exemplo, onde os estudantes ao terem algum problema com as carteiras pagam meia em dinheiro ao cobrador, apresentando a identificação estudantil.

Não acabou, não. A fila anda, claro que tirando as dos ônibus lotados. É impressionante como conseguiram transformar o Sistema de Catraca Eletrônica (que é um avanço) em algo ineficiente. Eufemisticamente, a centralização desses postos acaba colocando os estudantes numa situação de difícil acesso aos “benefícios” do novo sistema. Para comprar crédito eu tenho mesmo que pagar duas passagens inteiras até a central na Cohama? Cadê o “dever cumprido” na hora de aumentar os postos de venda com guichês suficientes nas principais escolas e universidades de São Luís?

As irregularidades são grandes, os out-doors que tentam mascará-las também são grandes, as filas do transporte publico de sardinhas são grandes também, mas só tem algo que é maior, é a felicidade dos vendedores de óleo de peroba.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Alunos Fazem Apelo ao Secretário de Educação

Aproximadamente 70 alunos do CEEFM Menino Jesus de Praga, na Cidade Operária, protocolaram um documento (prot: n° 41648/2007) , na SEDUC, endereçado ao secretário de Educação, Lourenço Vieira da Silva. No documento, os educandos pedem a imediata retomada do projeto “Coral da Língua Inglesa”, desenvolvido pela professora Tereza que foi, inexplicavelmente, remanejada para completar carga horária em outra escola.

“Isso é mais que uma falta de respeito, eles não se importam com o nosso trabalho, nem com o da professora”, disse a aluna Liália Pereira. “ E nós, os alunos, como ficamos? Nós estudamos e nos preparamos o ano inteiro, mas, agora, eles querem fazer do nosso esforço, tempo perdido”, desabafou Marcelo Espíndola.

Procurada pela redação de Atos e Fatos.net, a professora Maria Tereza se surpreendeu com a atitude dos alunos. “Olha, eles me disseram que iriam reclamar, mas, eu imaginei que, apenas, com a direção da escola. Estou surpresa, com a atitude dos alunos e muito feliz, pois, isto mostra que os nossos jovens, que são o Maranhão do futuro, estão começando a despertar e a cobrar os seus direitos”, declarou a professora.

SAIBA DE TUDO EM:http://www.atosefatos.net

Reforma universitária para que?

Diplô Brasil apresenta uma polêmica que agita o movimento estudantil. Integrantes da oposição à diretoria da UNE defendem ocupação de reitorias, para barrar o Reuni e os planos do governo para o ensino superior. Bruno Cava, da Universidade Nômade e jornal Enxame, rebate: "trata-se de uma luta de poucos contra muitos, do status quo contra a transformação"


POLÊMICA

Ocupar a Universidade -O movimento de ocupações que emergiu nas instituições federais reivindica um legado que nunca deveria ter sido esquecido. Autonomia, democracia e liberdade são conceitos que ajudam na consciência de massas no Brasil, e fazem valer o princípio de universalidade do conhecimento (Por Vinicius Almeida, Allan Mesentier e Daniel Nunes)

A democratização inadiável -Lutar contra a reforma universitária e o REUNI é legítimo numa democracia. Mas que fique claro: trata-se de uma luta de poucos contra muitos, de incluídos contra excluídos, do status quo contra a transformação, do fetiche disciplinar contra a transcidiplinariedade. Enfim, da direita contra a esquerda (Por Bruno Cava)

Para ler os textos completos, acesse: http://diplo. uol.com.br/ 2007-11,a2038

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

texto do le monde diplomatique->Muito além de Gutenberg


A convergência digital, a blogosfera e a comunicação compartilhada não ameaçam apenas a oligarquia da mídia corporativa. Também requerem um novo projeto para democratizar o jornalismo, e outros mecanismos para remunerar os produtores culturais
Antonio Martins

1.Nos últimos anos, graças a certas ferramentas tecnológicas, mas especialmente a algumas mudanças de paradigma, os antigos conceitos de liberdade de informação e propriedade intelectual estão sendo superados. Em seu lugar, surgem idéias como comunicação compartilhada, inteligência coletiva, fim da passividade do receptor, direito à intercomunicação. Essas mudanças têm enormes repercussões em nossa vida social, econômica, política e simbólica. Estão, por sua vez, relacionadas a sinais de que uma outra lógica de organização das sociedades – capaz de superar a que está baseada no lucro e na competição – é possível e necessária.

2.Um dos problemas-chaves a resolver é, precisamente, a produção de símbolos — arte, comunicação, literatura — num mundo em que a vida continua sendo comprada e vendida como mercadoria. Em outras palavras: se queremos que as obras culturais circulem e sejam apropriadas e recriadas por todos; se queremos fazer de cada ser humano um criador cultural, como remunerar o trabalho do artista? Como permitir que, sendo livre seu trabalho, possa ele alimentar-se, vestir-se, habitar, viajar, equipar-se – em suma, satisfazer suas múltiplas necessidades e desejos.

3.Um dos pontos essenciais para encontrar uma resposta foi oferecido em conferência pronunciada no ano passado, durante o Fórum Cultural Mundial, por Gilberto Gil. Vivemos num mundo em transição e em transe. São tão profundos quanto os que marcaram a passagem do mundo feudal à modernidade e geraram, entre outros fenômenos, o Renascimento europeu.

4. Alguns dos mecanismos sociais que marcaram a modernidade e representaram, em sua época, liberdade, transformaram-se em prisões. O ser humano medieval recuperou a moeda e ampliou os mercados para se libertar das relações obrigatórias e limitadas que o prendiam à terra, ao senhor, aos afazeres que haviam sido repetidos por seus ancentrais desde muitas gerações. A cidade e o mercado eram os espaços em que cada um podia oferecer livremente seu trabalho – ou seja, encontrar uma alternativa à obrigação de permanecer no feudo, trocando favores pessoais com o senhor, sempre subordinado, sempre sem liberdade de escolher seu próprio destino pessoal. A moeda era o que permitia a tal ser humano “livre” ganhar o mundo e comprar sua vida sem o limite dos vínculos de favor.

LEIA O TEXTO COMPLETO EM:http://diplo.uol.com.br/2007-10,a1975

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violencia Contra a Mulher.


Durante muito tempo a mulher foi impedida de participar ou contribuir com a sociedade, não que ela quizesse e sim por imposição daqueles que achavam que a mulher não tinha algo a contribuir,a cada dia isso vem mudando , no entanto, pra que tenhamos de fato nossos direitos garantidos, é preciso que não nos acomodemos e pra termos mais força precisamos estar unidas no sentido de acreditar na capacidade de cada uma de nós, somos revolucionárias sim, porém conscientes, de que as nossas lutas e reinvindicações vem surtindo efeitos cada vez mais positivos.

Nesse sentido reproduzo aqui o convite à todas/os. Participem das atividades e da Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violencia Contra a Mulher.

Programação acima construída pelo Fórum Maranhense de Mulheres, Pastoral da Mulher, Coordenadoria Municipal da Mulher, Secretaria Estadual da Mulher, Conselho da Condição Feminina, Mulheres da ilha etc...

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

CONTRA A ENTRADA DA POLICIA PARA DESOCUPAR A REITORIA DA UFBA

Reproduzo aqui manifesto dos professores EM DEFESA DA AUTONOMIA DA UNIVERSIDADE PÚBLICA

No dia 15 de novembro de 2007, dia da proclamação da Republica Federativa do Brasil, as 07:00 horas da manhã, por determinação judicial, a pedido do reitor da UFBA - Universidade Federal da Bahia -, Professor Naomar de Almeida Júnior, a polícia federal, entrou no prédio da reitoria, para cumprir a reintegração de posse desalojando os estudantes que há 45 dias ocupam o prédio da reitoria, por assistência estudantil e contra o REUNI –, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI - Decreto Lei no. 6096/07), que foi aprovado por um CONSUNI (Reunião do Conselho Universitário) sem as condições normais de funcionamento. Na ação da polícia resultaram quatro estudantes detidos (Luciana, Gabriel, Rodrigo e Marcos), estudantes feridos fisicamente, estudantes abalados e, os que viram e testemunharam o desenrolar da situação estarecidos frente aos fatos.

Nós professores que nos opomos a atual direção da APUB, que é cúmplice da reitoria porque apóia o REUNI, sem ter consultado os professores da universidade em assembléia, fórum legitimo de decisão da categoria e que vem se manifestando publicamente com acusações improcedentes ao movimento dos estudantes, somos contra a entrada da policia na universidade, fato inaceitável e que poderia ter sido evitado mediante medidas do atual reitorado.

Testemunhamos que o movimento de resistência organizado pelo movimento estudantil da UFBA através de suas entidades e fóruns é legítimo e representativo, vem lutando pacificamente contra o REUNI – decreto do governo Lula, que viola a autonomia universitária e não atende as históricas reivindicações do movimento estudantil, movimento docente e técnicos-administrat ivos. Testemunhamos também que foram tomadas medidas judiciais e autorizado o uso do aparato da policia federal para tratar de uma questão política e pedagógica no interna dauniversidade, o que é incabível nas dependências de uma instituição de ensino superior. Nós professores, que lutamos em defesa da universidade pública, laica, autônoma, democrática, socialmente referenciada, que somos contra o REUNI por compreendermos suas nefastas conseqüências, que lutamos contra a precarização do trabalho docente e a política de arrocho salarial de técnicos-administrat ivos e professores, nos posicionamos REPUDIANDO A ENTRADA DA POLICIA NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO e nos solidarizamos com o movimento estudantil. Lamentavelmente a direção do sindicato dos professores - APUB -, se manifesta em apoio as medidas do reitor e contra os estudantes que defendem a universidade pública. Apoiar o REUNI é apoiar um projeto de destruição da universidade pública, porque precariza o trabalho docente, não prevê recursos públicos suficientes para as demandas de expansão do ensino superior no Brasil e cria ilusões quanto ao ingresso e permanência dos jovens na universidade. Queremos sim expansão da universidade, esta é uma bandeira histórica dos que lutam em defesa da universidade pública, laica, socialmente referenciada, lutamos, sim, por mais verbas para a educação em geral e em especial a educação superior no Brasil, e não concordamos com programas que iludem e não asseguram a efetiva aplicação de recursos públicos que garantam a ampliação de vagas, o acesso a todos, permanência dos estudantes e a possibilidade de conclusão de um curso com qualidade. Só com recursos suficientes reivindicadospelos estudantes será possível garantir, juntamente com mais vagas, a assistência estudantil necessária para evitar a evasão dos jovens na universidade.

O dia 15 de novembro de 2007 ficará marcado na história da UFBA e do Brasil como mais um dia em que, por solicitação de reitores, a justiça determina a entrada da policia em campus de universidades. Mas ficará marcado também pelo nosso veemente protesto contra as ações policiais na universidade, contra o REUNI , em defesa da educação pública para todos. Repudiamos as ações policiais contra aqueles que hoje resistem em defesa da universidade pública. Repudiamos qualquer medida de criminalização dos movimentos, perseguição e punição aos que lutam e resistem à destruição da educação pública no Brasil. Hoje a ação foi contra os estudantes, amanha será contra nós. Conclamamos a todos a se mobilizarem e se posicionarem em defesa da universidade pública. Está em curso no Brasil e em todo mundo a implementação de um projeto de educação que não interessa a classe trabalhadora. O modelo de universidade expresso no REUNI – não interessa ao povo brasileiro. Vamos a luta.

UCRÂNIA AVANÇA SOBRE QUILOMBOLAS DE ALCANTÂRA

Na semana passada – entre os dias 05 e 10 de novembro – segundo informação de representantes das comunidades quilombolas de Baracatatiua e de Mamuna, no território quilombola de Alcântara, apresentou-se nessas localidades uma empresa chamada Terra Byte, para realizar o que chamaram de pesquisa. Sem o consentimento da comunidade, conforme informou o Sr. João da Mata, presidente da Associação de Mamuna, passaram a cavar buracos e a retirar amostras de solo.
Simultaneamente, a Sra. Laura Urrejolas, ex consultora da Agência Espacial Brasileira, fazia visitas às duas comunidades, apresentando-se como alguém que traria projetos de desenvolvimento para os locais. No caso de Baracatatiua, traria luz, telefone público e poço artesiano, benefícios aos quais, até os dias de hoje, essa comunidade não tem acesso.

O MABE – Movimento dos Atingidos pela Base de Alcântara e o MOMTRA – Movimento de Mulheres Trabalhadoras de Alcântara, estranhando a presença dessas pessoas – tanto da Sra. Laura, conhecida por sua atuação recente junto a Agência Espacial Brasileira, quanto da empresa que estava cavando os buracos – dirigiram-se à Baracatatiua em de 10 de novembro, dia em que a Sra. Laura fez uma reunião com a comunidade. Ela apresentou-se como funcionária da ATECH, segundo ela uma empresa contratada pela Ucrânia para pesquisar os melhores locais, entre Baracatatiua e Mamuna para implantar um dos sítios de lançamento que compõem o CEA – Centro Espacial de Alcântara, que resulta da expansão do CLA – Centro de Lançamento de Alcântara.

A Sra. Laura iniciou dizendo que “a Atech foi contratada porque os Ucranianos não confiam no governo brasileiro. O governo brasileiro está tão desacreditado, tão sem credibilidade, que não pode mais sequer voltar a Alcântara para dialogar com a comunidade. O governo brasileiro demonstrou ser incompetente nas ações que desenvolveu junto aos quilombolas desde os primeiros remanejamentos”. Sendo assim, segundo ela, os ucranianos contrataram essa empresa para ser a intermediária entre a comunidade e aquele país, e que ela, Laura, levaria as reivindicações das comunidades aos Ucranianos. A Atech, segundo ela, foi contratada também para fazer o EIA/RIMA para a implantação do novo sítio de lançamento.

PORQUe ESSA PESQUISA SURPRESA? QUEM É A ATECH?

A Atech – Tecnologias Críticas, segundo seu site, uma “pessoa jurídica de direito privado e entidade sem fins lucrativos, instituída em 1997 nos termos dos artigos 24 e seguintes do Código Civil, foi criada como solução para integrar o Sistema de Vigilância da Amazônia – SIVAM”. Dentre seus principais clientes, ainda segundo seu site, encontram-se: Comando do Exército, Comando da Marinha, Comando da Aeronáutica, Agência Espacial Brasileira, Agência Nacional de Petróleo, SABESP, CEAGESP, Eletropaulo, Ministério do Planejamento, Petrobrás, vários governos estaduais e outros. Seus negócios vão de monitoramento aéreo, controle de pragas, combate a criminalidade até a prospecção de petróleo.
Disseram a Sra. Laura e o engenheiro que a acompanhava, que essas primeiras perfurações realizadas em Mamuna visavam apenas para marcar os locais, mas que a prospecção, propriamente dita, ainda seria realizada. Disse que tinham licença do DNPM – Departamento Nacional de Produção Mineral – e que o subsolo não pertence aos quilombolas, já que obedece à legislação própria.
Estavam presentes à reunião os assessores da Prefeitura de Alcântara, engenheiro eletricista Dr. Muniz e o vereador Ramilton. Ambos disseram não estar informados a respeito do que vinham fazer tanto a Sra. Laura quanto esses senhores que estiveram coletando amostras de solo em Mamuna.
O Sr. Samuel Moraes, vereador do município e vice presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Alcântara, com quem entramos em contato, também disse ignorar completamente a movimentação dessas empresas nas comunidades citadas.
Integrantes do MABE e do MOMTRA , na reunião em Baracatatiua, interpelaram a Sra. Laura, mostrando-se surpresos, uma vez que há uma ação civil pública, na qual são réus a Fundação Cultura Palmares (agora, o INCRA) e a União. No dia 26 de setembro de 2006, numa audiência de conciliação, no âmbito desse processo, foi assinado pelas partes, inclusive pelo CLA, um acordo, tendo determinado o Juiz Dr. Carlos Madeira, da 5ª Vara da Justiça Federal, que o INCRA do Maranhão procedesse à regularização do território quilombola em 180 dias a partir daquela data.
No dia 10 de agosto de 2007, porém, a Sra. Dilma Rousseff, Chefe da Casa Civil, enviou o aviso circular nº 03/2007, determinando que as áreas pretendidas pelo CEA, onde estão localizadas as comunidades de Mamuna, Baracatatiua, Brito, Itapera, Canelatiua, Mamuninha, Mato Grosso, Retiro e outras, também fossem tituladas, ou seja, que fossem extraídas (e tituladas) do perímetro do território quilombola as áreas da Agência Espacial Brasileira. Determinou ainda, que também a área do CLA (sob controle dos militares) e a área dos quilombolas (o que restar, após retiradas as áreas de pretensão do CEA e a do CLA) fossem tituladas até 30 de dezembro de 2007.

Esses fatos nos levam a
indagar:

1) A Casa
Civil passa por cima de um acordo judicial homologado por um Juiz federal,
atropelando o judiciário?
2)
Os trabalhadores desses povoados, a quem a Constituição Brasileira reconhece
direito aos territórios que ocupam, necessitam utilizar crachá para pescar em
suas antigas áreas, devendo passar por guaritas militares. Uma empresa privada,
contratada por um país estrangeiro entra, sem licença da comunidade, no povoado
Mamuna, faz perfurações e colhe amostras de
solo?
3) O governo da Ucrânia
decreta a falência do Estado Brasileiro em sua capacidade de promover o
desenvolvimento das comunidades quilombolas de Alcântara, contrata uma empresa
privada para implementar políticas públicas nesse município, como levar luz,
água e telefone público, direitos de todos os cidadãos e conforme as 66
(sessenta e seis) ações propostas pelos vários ministérios para os quilombolas
de Alcântara?

{Agradecimentos ao IGOR(estud. d direito) e à Maristela Andrade
(Antropóloga, Profes. da Pós Graduação em Ciências Sociais /UFMA}

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís = piada

Ainda não baixou a poeira lá pelas bandas da Casa do Trabalhador, no Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís. Segundo soube, a diretoria da entidade tenta agora excluir de seus quadros duas das poucas associadas que atualmente ousam se opor as arbitrariedades ali existentes.

Foi instaurado um processo disciplinar contra as jornalistas Mirlene Bezerra e Edvânia Kátia, únicas representantes do Maranhão no Congresso Extraordinário de Ética, promovido pela Fenaj em agosto deste ano, em Vitória, sob o argumento de desabono moral ao Sindicato. Assinada por 32 representantes sindicais do País, a moção que gerou o processo administrativo se opõe às praticas antidemocráticas de entidades representativas da categoria e empenha apoio aos jornalistas do Maranhão, impedidos de exercer o direito de participar da entidade, tendo em vista os abusos praticados pela atual administração.

O curioso nessa estória é que, embora o referido processo tenha sido instaurado no dia 8 de agosto, a notificação do fato às associadas só foi postada nos Correios no dia 20 de setembro – mais de um mês depois. Isso, no entanto, poderia ser um mero detalhe, já que de acordo com o ofício, as jornalistas teriam quinze dias a partir do recebimento para apresentarem defesa. Mas mesmo tendo enviado tais defesas em tempo hábil (dez dias), essas foram recusadas. O que demonstra a intenção de excluí-las a qualquer custo. As jornalistas por outro lado, já constituíram advogado e prometem entrar com recurso na Justiça do Trabalho por cerceamento ao direito de defesa, já que não conseguiram fazê-lo administrativamente.

E falando ainda em Sindicato dos Jornalistas, o resultado da ação que tramita na 6ª Vara da Justiça do Trabalho para a anulação da recente eleição para a diretoria deve sair nos próximos dias. A informação é de que a sentença deve sair ainda este mês.

Tive notícias ainda, de um grupo de mais de 100 jornalistas que entrou com uma representação junto ao Ministério Publico do Trabalho, questionando o cerceamento da entidade à sindicalização. Entre os argumentos apresentados na denúncia estão os de que, durante anos, assessores de imprensa e professores vêm sendo privados da filiação, sob o argumento de não estarem amparados pela CLT e, portanto, não seriam considerados jornalistas, quando os sindicatos de todo o Paia os reconhecem como tal.

Outro argumento dessa representação seria o de que, as altas taxas cobradas pelo Sindicato dos Jornalistas de São Luís impedem a sindicalização. A prática adotada pelos sindicatos da categoria de todo o Brasil é a de que, ao pagar a mensalidade (que varia entre R$ 20,00 e R$ 30,00), o jornalista automaticamente já está sindicalizado. Até onde fiquei sabendo a denúncia foi aceita pelo MPT e a diretoria do Sindicato deverá ser ouvida em breve.E falando ainda em Sindicato dos Jornalistas, o resultado da ação que tramita na 6ª Vara da Justiça do Trabalho para a anulação da recente eleição para a diretoria deve sair nos próximos dias. A informação é de que a sentença deve sair ainda este mês.

terça-feira, 13 de novembro de 2007

DOS BLOGUES PARA A GLOBO

A caricatura "Xô Sarney", publicada ano passado em mais de 50 mil blogs do Brasil e do exterior, foi parar na telinha da Globo. Sexta passada, no segundo episódio da série "O Sistema" o "Xô Sarney" apareceu quando um dos personagens fez uma referência ao ex-presidente da República e Senador pelo Amapá.

Será que o Sarney vai processar a poderosa Globo por ter exibido a caricatura? Lembrando que aqui no Maranhão a concessão da globo
é de propriedade da familía SARNEY...foi uma grata surpresa !

Com informações do blogue da Alcinéia Cavalcante

sábado, 10 de novembro de 2007

Estagiários podem ter 30 dias para FÉRIAS

O Senado Federal aprovou ontem o projeto de lei que regulamenta férias de 30 dias para estagiários. A matéria, que agora segue para a apreciação da Câmara dos Deputados, altera as regras de estágio para estudantes de instituições de educação superior, educação profissional, ensino médio, educação especial e educação de jovens e adultos.

O novo projeto, de iniciativa da Presidência da República, que também incorporou emendas de Plenário, estabelece que a duração máxima do estágio na mesma empresa será de dois anos (exceto para estagiário com deficiência) e, nos estágios com duração igual ou superior a um ano, é garantido recesso (férias) de 30 dias.

O texto destaca que órgãos públicos e empresas privadas poderão contratar estagiários e profissionais liberais de nível superior registrados no respectivo conselho profissional. Porém, a proposta ressalta que o estágio poderá ser ou não obrigatório, mas não cria vínculo empregatício.Em relação à jornada de trabalho, o projeto estabelece carga máxima de quatro horas diárias e 20 horas semanais para estudante de educação especial e de educação de jovens e adultos.

No caso de estudantes do ensino superior, educação profissional e de ensino médio, a jornada máxima é de seis horas diárias e 30 horas semanais.O entendimento para a aprovação do projeto de lei foi firmado pelos senadores Raimundo Colombo (DEM-SC), relator da matéria na Comissão de Educação (CE), e Ideli Salvatti (PT-SC), relatora na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Vem ai a primeira “Mesa Redonda Virtual Passe Livre Já”

Nos próximos dias, a MARANHÃO WEB RÁDIO estará promovendo a primeira “Mesa Redonda Virtual Passe Livre Já”. Será um bate- papo coletivo via MSN. A idéia é colocar em um mesmo grupo de conversação internautas maranhenses, deputados, e vereadores, para uma troca de idéias sobre o “Passe Livre”.

Fonte: http://www.udesfilho.com/

domingo, 4 de novembro de 2007

Faça como esse vendedor que também aderiu ao MPL - Não há argumentos contrários - Seja você também um militante ativo em prol do Passe Livre!


O jornalista Udes Filho registrou o momento em que o vendedor de saladas (na foto) entrou para o Movimento Passe Livre Maranhão.
"A Passeata é importante para levar o movimento até a comunidade mais pobre e a que mais precisa desse Direito", afirmou o jornalista comovido com aceitação popular ao MPL-MA.

Viana é a primeira cidade a implantar o Passe Livre no MARANHÃO



ESTUDANTE NÃO PAGAR MAIS PASSAGEM NO TRASNPORTE PÚBLICO: isso agora já é
realidade no estado mais pobre da federação.

Deputados agora defendem o passe livre, na baixada maranhense, famosa pelos grande lagos de campos inundavéis, a cidade de Viana-MA nesse mês de Novembro saiu na frente e tornou-se a primeira cidade maranhense a implantar o passe livre. A iniciativa é dos estudantes vianenses representados pelo grêmio estudantil daquela cidade e pela prefeitura municipal. O interessante é que os alunos da rede estadual e privada também terão acesso ao passe livre em Viana. Essa semana a entrega de carterinhas estudantis em Viana apresentou alguns transtornos, mas nada que atrapalhe os estudantes de receberem o Direito ao transporte gratuito.

A passeta de lançamento da luta pelo Passe Livre no Maranhão aconteceu dia 29 de outubro e foi um sucesso, contando com a participação de várias cidade do estado." Os JOVENS VIGILANTES -que tem membros espalhados por vários municípios do MA- estão de parabéns por terem começado essa luta pelo passe livre, o movimento cresceu e está a cada dia se expandindo e ganhando mais adesões. As pessoas se contagiam por essa ser uma luta séria, sabemos que não será fácil mas temos certeza que é possível." afirma Amanda Dutra, coordenadora do Passe Livre no Maranhão e secretária de imprensa do DCE-UFMA.

Em Rosário estudantes também estão se mobilizando e devem ir em caravana até a capital no dia 03 de Dezembro para participarem da segunda Passeata do Passe Livre no Maranhão. Renato Waquim, um dos organizadores do MPL-Movimento Passe livre, ressaltou que "o movimento não tem dinheiro e é preciso contar com a boa vontade dos empresários interessados em ajudar a conseguir os ônibus, tendo em vista que não é permitido propaganda dos mesmo ou troca de favores", disse o estudantes de C. Biológicas-UFMA.

sábado, 3 de novembro de 2007

SIDERÚRGICAS NO MARANHÃO

É... A SIDERÚRGICA NO MUNICÍPIO DE BACABEIRA paece que vai sair, aqui em SÃO Luís barraram mas será que pra sempre??!

CURTAS SOBRE COMUNICAÇÃO


- E a TV Pública?

"Com certeza, ela terá uma lacuna a ocupar. Mas não será uma emissora pública, e, sim, uma emissora estatal. Nada além disso". Leia o artigode Gustavo Gindre, coordenador- geral do Instituto de Estudos e Projetosem Comunicação e Cultura (Indecs).






- Vila Sésamo está de volta

Co-produção entre TV Cultura e Sesame Workshop traz de volta à TV asérie Vila Sésamo. A estréia aconteceu no dia 29 de outubro, na TVCultura. Conheça a história da criação do programa, seus objetivos e desafios.



sexta-feira, 2 de novembro de 2007

DOCUMENTÁRIO SOBRE PASSE LIVRE HOJE (02.11)

Megafone de hj discute : MILITÂNCIA
VALE A PENA VER E GRAVAR! QUEM NÃO TEM tv a cabo pode assistir na NET http://www.udesfilho.com/?page_id=7

Documentário que a TV câmara estréia hoje as 21h(horário de Brasília), acompanha a eleição de um grêmio numa escola de insino médio da Asa Sul, ao mesmo tempo em que entra na caravana pelo passe livre.

Coma duração de 27 minutos, a fita traça um paralelo entre as duas historias para montar a imagem do estudante secundarista que se envolve com política nos dias de hoje. A direcão é de Guilherme Bacalho.

Matéria 2: Auditoria nas contas da Uema

conforme já noticiado há semanas nesse blog está sendo formado movimento que pede Auditoria Já nas contas da Uema. A ação é encabeçada pelos Centros e Diretórios Acadêmicos (CA’s e DA’s) de Ciências Sociais, Biologia, Administração, História, Medicina Veterinária e Física, Engenharia de Pesca,Pedagogia e Matemática.

O “Auditoria Já” pretende abrir o que estão chamando de caixa-preta da UEMA, onde muitos enriquecem, tornam-se deputados e a comunidade universitária continua a estudar em condições precárias de funcionamento dos cursos.

O Movimento quer que sejam esclarecidas todas as suspeitas de enriquecimento ilícito de alguns gestores e o sucateamento da UEMA.

Pede ainda a:
- Autonomia universitária
- Eleições para representantes discentes nos Conselhos Superiores,
- Eleições diretas para todos os cargos da Uema
- Concurso público para provimento de cargos,
- Prestação de contas de todos os gastos NO SITE da UEMA
- Discussão com os seguimentos na reestruturação administrativa,
- Construção da área de vivência no Campus e de prédios para as licenciaturas

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Niemeyer está entre os 100 maiores gênios vivos




Em uma lista que reúne os 100 maiores gênios vivos, feita pela empresa de consultoria Synectics, o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer aparece em nono lugar. De acordo com a pesquisa, os prédios do arquiteto “têm formas tão dinâmicas e curvas tão sensuais que muitos admiradores dizem que mais do que um arquiteto, ele é um escultor de monumentos”.

Niemeyer é considerado um dos nomes mais importantes da arquitetura moderna internacional e pioneiro por ter explorado as possibilidades de construção do concreto armado.Para o presidente nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Gilberto Beleza, Oscar Niemeyer é um patrimônio da cultura brasileira. E sua inclusão na lista é o reconhecimento de sua importância para a arquitetura internacional.“Para nós brasileiros, principalmente arquitetos, é uma grande alegria. A inserção dele neste hall de pessoas importantes deve-se a sua arquitetura que é revolucionária. A maneira dele trabalhar, a forma livre, solta, curva. Não existia nenhuma pessoa que tinha trabalhado desta maneira”.

Niemeyer, que completará 100 anos no próximo dia 15 de dezembro, é o autor de dezenas de projetos famosos, como o Palácio da Alvorada, o Congresso Nacional e a Catedral de Brasília (DF), além da Igreja da Pampulha, em Belo Horizonte (BH), o conjunto Copam, em São Paulo (SP) e a sede do Partido Comunista Francês, em Paris.O primeiro gênio da lista foi o químico suíço Albert Hoffman, criador da droga LSD, que provocou uma revolução nos tratamentos psiquiátricos nos anos 40. O primeiro lugar foi dividido com o cientista de computação britânico Tim Berners-Lee, criador do domínio World Wide Web, conhecido como "www".

(radioagencia Np)

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Estudantes fazem manifestação em favor do “Passe Livre Estudantil”, e ganham apoio da sociedade.



" Boi, boi boi... boi da cara preta, se não der "Passe Livre", a gente pula
a roleta"Jingle dos manifestantes

Na luta pelo “Passe Livre”, direito mais que legal, os estudantes de todo o Maranhão promoveram, sexta, 26, uma grande passeata no centro de São Luís. Conseguiram chamar a atenção dos comerciantes, pais de alunos, ambulantes e professores. Todos apoiaram a reivindicação dos manifestantes. O ato público ocorreu pacificamente, saindo do Liceu Maranhense, passando pela Rua Grande, com uma pequena parada em frente ou prédio do curso de Arquitetura da Uema, onde estudantes do Maranhão inteiro, estavam reunidos na Semana Estadual da Juventude.
A manifestação finalizou com uma paralisação de 10 minutos, em frente ou terminal de Integração da Praia Grande. O transito ficou obstruído, mas os motoristas apoiaram a causa e, sobre tudo, a maneira pacifica com a qual os estudantes desenvolveram a manifestação. “ Nossa manifestação é justa , e pacifica. Não queremos, aqui, levantar bandeiras partidárias, nosso único objetivo é conseguir o Passe Livre, em beneficio de todos os estudantes do nosso Estado”. Declarou, Amanda Dutra, secretária do DCE da UFMA, e membro do Movimento.

Fonte: Redação Atos e Fatos.net

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Movimento pelo passe-livre será lançado em São Luís

SAIU
NO JORNAL PEQUENO->
http://www.jornalpequeno.com.br/2007/10/24/Pagina66402.htm

BENEFÍCIO visa diminuir evasão escolar, repetência e ainda pode ajudar no
orçamento familiar Foto:GILSON TEIXEIRA
Por não terem como pagar transporte, alunos atravessam pontes
no sol quente


Quem costuma passar pelas pontes José Sarney e Bandeira Tribuzi, no horário das 6h30 às 7h30 e das 11h às 13h, já deve ter visto a romaria de estudantes, entre crianças e adolescentes, que se deslocam até as escolas onde estudam. Mas essa cena poderá mudar, em breve, principalmente se houver boa vontade do poder público estadual e municipal. Na sexta-feira, 26, será lançado, em São Luís, o movimento pelo passe-livre (MPL), com panfletagem e passeata, saindo do Liceu Maranhense, até a porta da Prefeitura, na praça Pedro II, com concentração às 11h.
(veja matéria completa em : www.jornalpequeno.com.br/2007/10/24/Pagina66402.htm)

domingo, 21 de outubro de 2007

A Internet como fonte primária


A internet é fonte primária de informaçao para 7% dos brasileiros, diz um estudo do Pew Research Center. Está a frente do radio (4%) e das revistas (1%) e se aproxima dos jornais impressos. A TV é a fonte primária de informaçao para 76% dos brasileiros. O país em que a internet tem maior importância como fonte primária é a Coréia do Sul, com 20% - nos EUA, o percentual chega a 17%. O Brasil - com 7% - empata com Japao, Polonia e territorios palestinos.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

”Auditoria Já” pretende devassar UEMA

CONFORME NOTICIADO HÁ dias nesse blog
SEGUE MAIS INFORMAÇÕES sempre em 1ª mão

Vai pegar fogo pra valer!
ESTÁ LANÇADO o movimento ”Auditoria Já” que pretende abrir a caixa-preta em que se tornou a UEMA. A partir da próxima semana vai ser intensificada a divulgação do abaixo-assinado (organizados por estudantes) em todos os campus da Universidade Estadual do Maranhão. A idéia é que as assinaturas sejam encaminhadas ao Governador Jackson Lago, e ao Ministério Público para que sejam tomadas as medidas legai cabíveis.

Os universitários entendem que só uma auditoria nas contas da UEMA irá esclarecer esse desnível onde “ muitos enriquecem, tornam-se deputados e a comunidade universitária continua a estudar em condições precárias de funcionamento dos cursos” lembra Paulo Romão Meireles Neto, do Centro Acadêmico de Ciências Sociais da UEMA.

Com um orçamento anual de fazer inveja a muitos municípios do MARANHÃO, a Universidade Estadual do Maranhão deveria ser umas das mais equipadas do Estado, mas não é isso que acontece. A Universidade pública está sucateada, laboratórios fechados, falta de livros, estrutura deficiente, entre tantos outros problemas.Ainda de acordo com estudantes, a indignação foi o que levou a realizar esse movimento.

O objetivo do abaixo assinado é apurar supostos indícios de irregularidades nas duas últimas gestões e inclusive na atual, uma vez que com tantos recursos, ainda assim os cursos funcionam com uma estrutura precária e falta até água nos prédios, a exemplo do está acontecendo no curso de Agronomia, como afirmam os universitários.

A Autonomia Universitária, eleições para representantes discentes nos Conselhos Superiores, eleições diretas para todos os cargos da Uema, concurso público para provimento de cargos, prestação de contas de todos os gastos na página da UEMA na Internet, discussão com os seguimentos na reestruturação administrativa, construção da área de vivência no Campus e de prédios para as licenciaturas também são pontos que precisam ser debatidos com a reitoria da instituição.

A realização da auditoria revelará o destino de todos esses recursos. Os CENTROS ACADÊMICOS (CA’s) de Ciências Sociais, Biologia, História, Medicina Veterinária e Física encabeçam a iniciativa. O movimento “Auditoria Já” pretende conseguir o apoio do ministério público, do governo do Estado e, sobretudo da sociedade maranhense.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Madeireiros invadem aldeia no Maranhão, matam um indígena e deixam dois baleados

Por volta das seis horas da manhã do dia 15 de outubro de 2007, um grupo de aproximadamente quinze homens armados, três deles encapuzados, invadiram a aldeia Lagoa Comprida, na Terra Indígena Araribóia no centro-oeste do estado do Maranhão, município de Amarante. Mataram Tomé Guajajara, de 60 anos e deixaram dois baleados: Madalena Paulino Guajajara, baleada no tórax e Antônio Paulino Guajajara, com um tiro no braço direito.

Segundo informações do Chefe de Posto da Funai na área, os invasores chegaram atirando contra os indígenas, colocaram os mesmos num campo de futebol e os ameaçavam atirando para cima.

A ação foi uma represália dos madeireiros contra os indígenas, que no início do mês de setembro, prenderam um caminhão madeireiro que transitava dentro da terra indígena. Na mesma semana os madeireiros procuraram os indígenas e tentaram recuperar o caminhão oferecendo mil reais, os indígenas se recusaram a negociar e comunicaram o fato à Funai. Mesmo sabendo da apreensão do caminhão pelos indígenas e do risco de conflito que isso representava a Funai deixou que passasse mais de um mês sem que nenhuma providência fosse tomada.

Já é antiga a situação de conflito entre indígenas e madeireiros na Terra Indígena Araribóia. Desde o início da década de oitenta essa terra sofre com a invasão e exploração madeireira. Segundo informações dos indígenas da Aldeia Lagoa Comprida, no ano de 2002 o indígena Kelé Apolinário de 55 anos, morador da Aldeia Abraão, localizada na mesma terra indígena foi encontrado morto dentro da mata. Tudo indica que foi em decorrência da ação de madeireiros, mas o caso nunca foi investigado. Na mesma terra, indígenas do Povo Awá Guajá sofrem com a exploração madeireira. No ano de 2003 o corpo de um indígena desse povo foi encontrado na mata. Ao que tudo indica, ele teria morrido de sede já que as fontes de água da região estão secando em função do desmatamento.

De acordo com informações do Ministério Público Federal em Imperatriz uma equipe da Polícia Federal com 12 policiais está se dirigindo ao local para apurar os fatos e tomar as providências necessárias. Há também informação de que dois dos invasores teriam sido baleados e que um veio a óbito, mas essa informação ainda não foi confirmada. Os dois indígenas baleados já estão sendo atendidos e não correm risco de morte.

informações: Cimi – Regional Maranhão